Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Vizinho que flagrou agressão a idoso de 94 anos em Floriano-PI desabafa.

Responsável por gravar as imagens que mostram as agressões de Denilde da Costa Alvarenga ao pai de 94 anos em Floriano-PI, cidade localizada 240 quilômetros ao Sul de Teresina-PI, Silvaldo Silva segue inconformado com o comportamento da vizinha mesmo após sua prisão. Em depoimento à TV Cidade Verde, ele desabafou e argumentou que a acusada de maus tratos, cárcere privado e lesão corporal não pode ser colocada em liberdade.
De acordo com Silvaldo, as agressões de Denilde ao pai tiveram início há bastante tempo. Os maus tratos foram gravados com um câmera fotográfica, e as imagens encaminhadas para o Ministério Público e para a imprensa.
"Há mais de um ano desconfiava dos maus tratos. Quando comecei a desconfiar, ela batia dentro de casa. Depois ela fez o muro e começou a espancar o velho do lado de fora. Como estava com o muro, ela pensava quem ninguém ia ver", comentou o vizinho.
Silvaldo diz ter sede de justiça, desabafa e chama a uma reflexão. "Quero que a Justiça faça o que é certo. Ela (Denilde) não merece ficar solta. Ela fez isso com o pai dela. Se fosse com o meu, o que ela faria? Se fosse meu pai, acho que estaria apanhando de facão ou de pedaço de pau", argumentou.
POLÍCIA DEVE CONCLUIR INQUÉRITO NA SEXTA-FEIRA.
A Polícia Civil de Floriano-PI deve concluir o inquérito envolvendo Denilde da Costa Alvarenga nesta sexta-feira (12/12/2014) e repassar as informações à Justiça na segunda-feira (15/12/2014). A mulher de 63 anos, que inicialmente negou as acusações, deve responder pelos crimes de maus tratos, lesão corporal e cárcere privado.
"Frente aos vídeos, ela (Denilde) optou pelo direito constitucional de permanecer calada e só se manifestar em juízo. Ela está presa por uma ordem judicial de uma prisão preventiva. Ela pode ficar presa até o final da condenação", explicou o delegado Walter Júnior.
PUBLICADA POR: Alonso Bisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário