Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

sábado, 17 de maio de 2014

Votação de projeto que fixa piso salarial para agentes comunitários de saúde acontece dia 21/05/2014.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), marcou para a próxima quarta-feira (21/05/2014) a votação do substitutivo da Câmara dos Deputados ao Projeto de Lei do Senado 270/2006, que fixa em R$ 1.014 o piso salarial nacional para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, com jornada de 40 horas semanais.
De acordo com Fernando Patrício, Agente de Endemias no município de Floriano-PI, o projeto foi aprovado na semana passada na Câmara dos Deputados, mas devido à alteração no texto, volta a ser apreciado pelos senadores. Se aprovada no Plenário, a matéria segue para a sanção presidencial.
“O piso salarial foi aprovado em primeira instância na Câmara dos Deputados e na última reunião que houve na Câmara foi definida a votação para o dia 21 de maio. Só será oficializado quando passar pelo Senado, e após a Presidente Dilma sancionar. Caso a Presidente vete o Projeto, o mesmo será derrubado pelo Senado”, disse Fernando Patrício.
Além de fixar o valor do piso salarial, a proposta prevê, a partir de 2015, aumento real equivalente à variação positiva do produto interno bruto (PIB) de dois anos antes. A sistemática é a mesma aplicada ao salário mínimo atualmente. Os valores também serão corrigidos anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Para ajudar no pagamento dos novos salários, o projeto atribui à União a responsabilidade de complementar 95% do piso salarial.
POSTADA POR: Alonso Bisorão.
FONTE: http://www.florianonews.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário