Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Profissionais em saúde da Prefeitura Municipal de Floriano-PI fazem cobranças ao gestor.

Um grupo de servidores da administração pública de Floriano-PI, todos ligados á saúde, se reuniu nesta tarde de segunda, 08/12/2014 na Câmara Municipal local para discutir e fazer cobranças quanto a benefícios que estão deixando de receber do Executivo, a frente o prefeito Gilberto Junior.
Líderes sindicais de Teresina-PI estão em Floriano-PI e participaram da reunião. Uma paralisação  está confirmada para o dia 15/12/2014, segunda-feira. A semana passada líderes sindicais, também com lotação na gestão municipal, se manifestaram contra o gestor e se posicionaram quanto a recursos.
Veja essa publicação abaixo do dia 4, numa das declarações do líder sindical Antonio Carlos Caminha.
“No dia 10/12/2014 (quarta-feira) estaremos nessa mobilização e estarão se manifestando insatisfeitos com os prefeitos, os agentes em  saúde  de Pavussu-PI, Itaueira-PI e Rio Grande do Piauí que são os municípios onde os gestores do Executivo ainda não se adequaram ao piso salarial nacional. Nós, não abrimos mão da gratificação e como representante dessa entidade devemos ouvir a categoria. Eles dizem que preferem ficar com os R$ 724,00 mas não recebem sem a gratificação que está incorporada no piso....então, estaremos procurando a gestão municipal local que pelo que foi colocado incluiu  a gratificação fechando em R$ 1.060,00 para que pudéssemos receber o piso e, a insalubridade foi reajustada que era de R$ 144,00 passou para R$ 212,00 e eles não aceitaram, pois querem é a gratificação”, explica Caminha.
PUBLICADA POR: Alonso Bisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário