Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Italiano Preso na Vereda Grande recebe visita de um representante do consulado do seu País.

O representante do Consulado Italiano que estava para visita essa manhã de sexta feira 27 de março de 2015 no Presídio Gonçalo de Castro Lima que fica na comunidade Vereda Grande, zona rural de Floriano-PI, chegou com três horas de atraso, em relação ao horário que estava certo da sua entrada na penitenciária local. Na imagem, o presidiário Fabrício, o diretor da Penitenciária agente Delfran Sousa, o Cônsul e uma assessora.
A visita do Cônsul estava marcada para as 10:00h mas acompanhado de assessores, ele somente chegou por volta das 13:00h, quando algumas pessoas estavam cansadas de esperar. A direção do Presídio fez um comunicado a imprensa para que acompanhasse a visita, mas se tornou inviável, pelo menos para alguns membros das imprensa local devido a demora.
No presídio, após todo o atraso, o Cônsul conheceu as instalações do local, e logo em seguida, procurou conversar com o preso italiano Fabrício Salid que foi preso há cerca de nove  meses, após ser pego na Comarca de Inhuma, uma das cidades do Piauí.
O Cônsul por mais de uma hora conversou com o Fabrício e nesse período lhe fez várias perguntas, inclusive sobre o seu comportamento, como ele está de saúde e ainda como é o seu dia a dia na penitenciária.
O Cônsul que esteve nessa tarde na Penitenciária de Vereda Grande já mora no Brasil há  algum  tempo e  tem residência em Fortaleza-CE. Cesare Villone que é embaixador da Itália no Brasil atua mais nos estados do Ceará e Piauí.
O preso Fabrício Salid aproveitou o momento que teve  com o Cônsul e com a direção do Presídio para pedir  transferência para Picos, onde o mesmo tem uma namorada. Preso por tráfico de entorpecentes o italiano Salid foi condenado a 18 anos de reclusão. O seu colega também italiano, está preso e cumpre pena no  presídio picoense.
Não foi falado sobre extradição do preso para o seu País de origem. As informações são do diretor Delfran Sousa.
PUBLICADA POR: Alonso Bisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário