Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Servidores fazem protesto contra privatização do Hospital Tibério Nunes de Floriano-PI.

Servidores do Hospital Regional Tibério Nunes estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (07/10/2015), no auditório da Câmara Municipal de Floriano-PI, para um ato de protesto em defesa do SUS e contra a privatização da saúde no Piauí.
De acordo com a servidora Silvia Regina da Costa, protestos como este ocorrido em Floriano estão acontecendo em outros municípios do Estado, em que seus hospitais podem passar a ser geridos por empresas particulares.
“Essa é uma luta, na verdade, que se iniciou em Picos, por conta da terceirização da gestão dos hospitais do Estado. Com isso não só a sociedade, mas também os funcionários do hospital vão perder muito com essa terceirização”, denunciou Silvia Regina.
Para o presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí, Vereador Lauro César Moraes, a privatização do HRTN é somente uma forma do governo tentar se eximir da responsabilidade pela gestão da saúde pública estadual.
“É impossível o governador se esquivar de prestar o serviço, de gerenciar o serviço de saúde no Estado do Piauí. Sou veementemente contra, como vereador, como presidente do COREN Piauí, e principalmente como enfermeiro e como cidadão, por saber que a privatização não traz nenhum benefício para a comunidade, muito menos para os servidores”, declarou Lauro César.
Ao falar sobre o ato dos servidores da saúde, o vereador Mauricio Bezerra explicou que já solicitou uma audiência pública para ouvir os envolvidos, e que somente ante todos os esclarecimentos a Casa Legislativa deve se posicionar, especialmente levando em conta a defesa dos interesses da sociedade local.
“Eu acho válida a iniciativa dos servidores de buscar a Câmara. Nós estamos aqui à disposição, eu já solicitei, como presidente da comissão de saúde, uma ausência pública para ouvir as partes. Nós temos que ouvir servidores do hospital, nós temos que ouvir os poderes, e temos que ouvir principalmente a Secretaria de Saúde do Estado do Piauí e a direção do hospital, para saber o porquê desta intenção de terceirização da gestão e das ações do hospital”, ponderou.
PUBLICADA POR: AlonsoBisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário