Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Os Dez Mandamentos

01 - AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS.
Amar a Deus no próximo, através do nosso irmão. Temos que nos assemelharmos a Ele, e para isso nos temos que;
- Amar a todos.
- A todos perdoar.
- A todos servir.
- E a ninguém excluir.
Santo Agostinho definia que o nosso amor por Deus é assim: "Um conflito entre dois amores: o amor de Deus impelido até o desprezo do amor de si." ou "o amor de si impelido até o desprezo do amor de Deus".
Quando fomos batizados nós nos tornamos cristãos. Isso quer dizer que nós não somos apenas amigos de Cristo, mas que estamos inseridos (fazemos parte) no seu projeto de salvação, de restauração.
Jesus Cristo veio para restaurar a vida das pessoas, da igreja. Ex: nas Bodas de Caná Ele transformou a água em vinho, deu vida ao filho da viúva de Naim, fez os cegos enxergarem, os surdos ouvirem, os coxos andarem, etc... Nós temos que a exemplo de Jesus Cristo restaurar a vida da sociedade.
E eu restauro a sociedade quando eu ajo com a consciência moral cristã, testemunho Jesus Cristo onde quer que eu esteja, quando luto contra os preconceitos racial, de cor, nível social.

02 - NÃO TOMAR SEU SANTO NOME EM VÃO.

- Proíbe todo uso impróprio do nome de Deus.
- Respeito - consequência do amor.
- Jurar usando o nome de Deus.

03 - GUARDAR DOMINGOS E FESTAS DE GUARDA.

- Assistir e participar das missas - um único dia para adorar e louvar a Deus.

04 - HONRAR PAI E MÃE.

- Respeito aos pais.
- Obediência.
- Diálogo.
Na primeira parte da vida nós nos perguntamos qual o sentido daquilo que a gente fez, o que a gente é. Na segunda parte da vida nos temos à sabedoria. Na primeira parte nos devemos nos orientar pelos mais velhos porque eles têm a sabedoria e a experiência.

05 - NÃO MATAR.

Só Deus tem o direito de tirar a vida.
- Aborto.
- Eutanásia.
- Suicídio.
- Homicídio.

06 - NÃO PECAR CONTRA A CASTIDADE.

Integração correta da sexualidade na pessoa.
- Namoro.
- Se manter puro (corpo e alma).
- Relacionamento superficial dos jovens.
Pensamento: Sempre que uma pessoa procura um prazer a curto prazo, vai ter um sofrimento a longo prazo.

07 - NÃO ROUBAR.

- Apropriar-se do que não é seu.
- Roubar a paz.

08 - NÃO LEVANTAR FALSO TESTEMUNHO.

- Matar com a língua.
- Desmoralizar.
- Ter misericórdia com o próximo.
Quando falar, falar com a pessoa certa, pedir a orientação do Espírito Santo.
Jesus disse: Não é o que entra pela boca que causa mal e sim o que sai da boca.

09 - NÃO DESEJAR A MULHER DO PRÓXIMO.

- Respeito ao compromisso assumido pelos outros.
- Matrimônio.
- A importância da família.

10 - NÃO COBIÇAR AS COISAS ALHEIAS.

- Sermão da Montanha - Mt. 5, 1 - 12.
"O SER tem que estar acima do TER".
Quando Jesus morreu na cruz Ele realizou a salvação. Na hora de sua morte, o sacrifício de Cristo se torna a fonte de onde brotará o perdão dos pecados portanto, para todo pecado existe perdão, apenas um único é imperdoável: é você morrer sem acreditar em Deus, é o pecado contra o Espírito Santo, é o pecado da pessoa que não aceita o amor de Deus e o seu perdão.
POSTADA POR: Alonso Bisorão.
FONTE: http://www.catequisar.com.br/

2 comentários:

  1. 4º Mandamento: Guardar o Sábado...

    "Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o SENHOR o dia do sábado, e o santificou."

    (Ex 20.8-11)

    Sábado, em hebraico Shabbat, significa descanso. Traduzindo literalmente, Deus estava dizendo: "Lembra-te do dia de descanso, para o santificar". Deus estava dizendo para eles separarem um dia de descanso. Até aí tudo certo, mas o problema está quando Ele diz que esse descanso seria no sétimo dia. Existem muitos debates teológicos e discussões, principalmente no meio dos protestantes, quanto a isso. Mas vamos ver o que Jesus pensava sobre isso:

    "E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado. E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também."
    (Jo 5.16-17)

    Essa passagem fala de um homem aprisionado em uma enfermidade à 38 anos. Será que esse homem descansava? Não. Ele estava alí em Betesda, esperando as águas se moverem para ser curado. Jesus o curou e disse: "Meu Pai trabalha até agora e eu também". Aqui há uma lição muito especial: Enquanto não descansamos, Deus não descansa. Ele trabalha até que nós possamos descansar. Esse é o descanso de Deus, quando uma vida é liberta, transformada, curada. Isso é o Sábado. E Jesus é o Senhor do sábado (Lc 6.5), porque Ele é o que alivia os fardos, é o q traz descanso.

    Você tem guardado o sábado? Tem deixado Jesus aliviar os seus fardos? Guardar o sábado é descansar em Deus. É deixar que Ele trabalhe em nossas vidas, nos curando, libertando, transformando, até que cheguemos à estatura do varão perfeito.

    Descanse em Deus! Guarde o sábado!!!

    ResponderExcluir
  2. A guarda do sabado e' o sinal que identifica os salvos?
    Você ficou confusa depois de ler um texto em um site que o cristão precisa do selo do Espírito Santo e do sinal da guarda do Sábado para ter a segurança da salvação. Ali o autor dá asas à imaginação e coloca a guarda do Sábado -- como "selo" e "sinal" -- em um patamar de importância acima do selo do Espírito Santo, com o qual é selado todo aquele que crê no Senhor Jesus.


    Lá ele diz: "O Espírito Santo é um dos selos de Deus, mas não é o sinal de Deus... Enquanto que o Espírito Santo é o selo que identifica quem aceitou a Jesus como Salvador, o Sábado é o selo e sinal que identifica quem permanecerá fiel ao Salvador no desfecho final do conflito entre o bem e o mal".

    Nem é preciso entrar em detalhes doutrinários para refutar o que o autor do texto afirma -- basta verificar a validade da fonte. Considerando que o Adventismo do Sétimo Dia (a religião à qual pertence a pessoa que escreveu isso) teve sua doutrina ensinada por uma mulher (Ellen G. White), o que a Bíblia proíbe, o melhor mesmo é descartar de vez o que ler vindo dessa fonte. Se o Espírito Santo de Deus ordenou que a mulher não ensine, por estar ela mais propensa ao engano, como você irá confiar em uma religião cujas doutrinas foram ensinadas por uma mulher?

    1Tm 2:11-14 "A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão".

    Além disso, se você prestar atenção nos textos que o autor citou para embasar sua teoria, verá que eles não foram endereçados à igreja, mas a Israel.

    Êxo 31:13-14 "Tu, pois, fala aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis meus sábados; porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o SENHOR, que vos santifica. Portanto guardareis o sábado, porque santo é para vós; aquele que o profanar certamente morrerá; porque qualquer que nele fizer alguma obra, aquela alma será eliminada do meio do seu povo" (o autor do texto omitiu o versículo 14 que transcrevo aqui para mostrar que a pena para a transgressão da guarda do sábado era a morte).

    Êxo 31:17 "Entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, e ao sétimo dia descansou, e restaurou-se".

    Eze 20:20 "E santificai os meus sábados, e servirão de sinal entre mim e vós [Israel], para que saibais que eu sou o SENHOR vosso Deus".

    Como o autor também tirou este último versículo de seu contexto, é bom verificar a quem foram ditas essas palavras:

    Eze 20:3-13 "Filho do homem, fala aos anciãos de Israel, e dize-lhes... E os tirei da terra do Egito, e os levei ao deserto. E dei-lhes [a Israel] os meus estatutos e lhes mostrei os meus juízos, os quais, cumprindo-os o homem, viverá por eles. E também lhes dei [a Israel] os meus sábados, para que servissem de sinal entre mim e eles; para que soubessem que eu sou o SENHOR que os santifica. Mas a casa de Israel se rebelou contra mim no deserto, não andando nos meus estatutos, e rejeitando os meus juízos, os quais, cumprindo-os, o homem viverá por eles; e profanaram grandemente os meus sábados; e eu disse que derramaria sobre eles o meu furor no deserto, para os consumir".

    As religiões geralmente são construídas em cima de afirmações tiradas de seu contexto, e não é diferente com esta. Ao tentar transplantar a guarda do sábado, uma ordenança tipicamente judaica, para o cristianismo fica  algo faltando: a pena de morte para quem não guardar o sábado, o que evidentemente deixa a coisa toda surreal. Não somos Israel, mas Igreja, portanto é muito importante distinguir bem o que se aplica a cada povo.

    Os textos abaixo ajudarão você a compreender melhor questões como o lugar da mulher, o sábado, e o que é para Israel e o que é para a Igreja.

    ResponderExcluir