Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

"Meu Deus! ainda tem gente que defende pessoas do mal", reage vítima de Castelo do Piauí.

Uma das adolescentes vítimas de estupro coletivo em Castelo se indignou ao tomar conhecimento que a Defensoria Pública pediu a absolvição dos três menores condenados pela justiça.
"Meu Deus! ainda tem gente que defende pessoas do mal", reagiu à garota ao saber da nova versão de que Gleison Vieira da Silva seria o único culpado pelos estupros.
A reação da adolescente foi presenciada pela tia que cuida da garota e relatou ao Cidadeverde.com. Ela – que teve traumatismo craniano - ficou sabendo da reviravolta do caso através de reportagem da TV Cidade Verde.
A tia da adolescente – que tem nome preservado  - contou que ontem a adolescente foi informada da morte de Danielly Rodrigues, quase um mês após o falecimento. Danielly era uma das quatro vítimas do estupro e morreu dia 7 de julho com esmagamento da face e lesão no pescoço e toráx.
“Ela ficou triste, mas reagiu bem e disse: Deus a chamou e se nós sobrevivemos é porque a missão não terminou”, disse a garota ao ser informada da morte da amiga.
A jovem continua com acompanhamento psicológico. Hoje, pela primeira vez, após o crime, ela fez exames ginecológicos. “O médico disse que está tudo bem com ela. Graças a Deus”, disse a tia.
A mãe e o pai da jovem foram para Castelo e a tia está cuidando dela em Teresina, enquanto a família não retorna a capital.
Segundo ela, a garota apresenta visão turva, mas o oftalmologista, que o acompanha disse que é normal e que passará com o tempo.
A fisioterapia continua, pois a adolescente teve perda de massa muscular e faz sessão para fortalecer os músculos dos braços.
No último dia 16 de julho, a jovem completou 18 anos de idade. A tia informa que ela vem evoluindo bem aos tratamentos.
“Não haverá seqüelas e ela se recupera bem. É uma garota positiva, seu quadro tem evoluído e quer estudar e ir para uma universidade”.
A jovem quer fazer curso de Veterinária, mas perdeu as inscrições para o Enem. “Ela disse que vai se preparar para o Enem do próximo ano e fará uma faculdade”.
A tia contou à equipe que a jovem não fala sobre o dia do crime, e nem dá detalhes sobre o ocorrido. O assunto é abordado penas com a psicóloga durante sessão com a jovem.
PUBLICADA POR: AlonsoBisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário