Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Apresentador Silas Freire diz que está sendo chantageado por promotores e jornalista.

 (Promotores Eliardo Cabral e Ubiraci Rocha):
(Jornalista e apresentador Silas Freire):
''Essas minhas mãos são limpas. Eu não sou figurão. Podem armar para me incriminar. Não vou calar. Não me calo, nem se estiverem me intimidando'', disse Silas.
Durante o programa “Agora”, da TV Meio Norte, o apresentador Silas Freire se mostrou bem exaltado e afirmou que está sendo chantageado por um jornalista que teria influenciado os promotores Eliardo Cabral e Ubiraci Rocha durante as investigações do caso Fernanda Lages. Ele afirmou que após a atuação dos promotores no caso, começou a ser chantageado e que agora, uma investigação foi aberta pelos promotores tentando lhe incriminar por um assassinato.
“Estou sendo chantageado e pressionado e não agüento mais. Estou sendo chantageado para não cobrar mais a respostas dos promotores sobre o caso Fernanda Lages, que disseram que sabiam quem matou. Os dois promotores estão com débito com a sociedade. Porque eu cobrei, estou sendo chantageado”, disse Silas.
Silas Freire afirmou que vem sendo chantageado há algum tempo e que tudo começou porque no seu programa disse que os promotores foram vistos no shopping na companhia de um jornalista e afirmou que eles estavam em má companhia e que poderiam estar sendo mal influenciados no caso Fernanda Lages.
“Um jornalista está fazendo uma armação para me chantagear. Ele é inominável. Se eu disser o nome dele, pode acabar sujando quem tem seu sobrenome, então agora ele é o inominável, um chantagista e mau caráter. Os promotores podem estar sendo influenciados por esse inominável. Essas minhas mãos são limpas. Eu não sou figurão. Podem armar para me incriminar. Não vou calar. Não me calo, nem se estiverem me intimidando, inventando história no portal do inominável, mau caráter. Estou sendo chantageado porque estou cobrando. Um dia desses fui dizer que eles andavam mal acompanhados em um shopping por um jornalista picareta. E desde então passei a receber denúncias desse meio de comunicação do inominável desse jornalista. Eu não vou me calar. Vou continuar contestando. Ele chegou a dizer na coluna dele que eu cheguei a dar um filho meu para o Correia Lima”, disse Silas.
O apresentador não parou por aí e afirmou que se ele fez críticas contra os promotores, é porque em muitos meios de comunicação, eles afirmaram que sabiam quem eram os mandantes. Silas ainda explicou sobre o crime que está sendo investigado pelos promotores e que foi reaberto recentemente a investigação sobre a morte de Jean Carlos, mais conhecido como Pato Donald.
“Os promotores mandaram ofício para a Polícia Civil de um crime [um dos atentados contra Pato Donald] que aconteceu há 15 anos atrás, claro que não colocaram meu nome, mas foi com o intuito de me chantagear. Não botou meu nome, mas deu combustível para dizer que estou sendo investigado. Nem o jornalista mau caráter e os promotores vão sujar as minhas mãos.
Elas estão limpas. Fiquei até sabendo que o Eliardo Cabral disse para eu não contestar ele e mandou eu calar a boca. É assim? Não vou me calar não. Promotores acordem, saiam da aba desse marginal, estão sendo induzidos ao erro e a precipitação. Vão investigar um crime, que é de uma pessoa que trabalhou para mim em 1996 e que eu demiti, porque ele se meteu em confusão, onde teve lesão corporal com outra pessoa da minha equipe. Ele morreu em 2002, seis anos depois que foi demitido, e agora querem pegar o defunto e jogar para mim. Nem dinheiro do advogado eu tenho. Meu advogado é Deus. Eu não sou figurão. Disseram que sabiam até o número do sapato e por isso cobrei. Está na cara que é represália, vai ficar feio não é para mim é pra vocês. O melhor advogado do mundo é Jesus Cristo”, disse o apresentador Silas Freire.
O apresentador ainda mostrou vídeos, dos promotores afirmando, na época da investigação do caso Fernanda Lages, que sabiam quem estava envolvido na morte. Ele ainda finalizou afirmando que é um direito dele cobrar uma resposta dos promotores e disse ter um depoimento, do irmão da vítima que afirma que sabia o motivo pelo qual Pato Donald foi assassinado e que teria sido seduzido a dizer que Silas tinha envolvimento. Apesar da polêmica, Silas afirmou que não tocaria mais no assunto das chantagens, mas que continuaria cobrando ação dos promotores no caso Fernanda Lages.
FONTE: http://www.gp1.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário