Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Aconteceu o Velório e sepultamento do corpo de Eduardo de Jesus Ferreira morto no RJ.

O velório e sepultamento do corpo de Eduardo de Jesus Ferreira, de 10 anos, puseram fim a uma jornada iniciada há 4 dias no Rio de Janeiro. Desde o seu assassinato, ocorrido na porta de casa no dia onde o menino brincava, até o fechamento da sepultura na tarde de hoje 06/04/2015 foram 96 horas de desespero, ameaças, promessas de justiça e um demorado trabalho de logística para trazer o corpo do menino para Corrente-PI, extremo sul do Piauí, para ser enterrado.
Após a missa de corpo presente, realizada na Igreja São Francisco, no bairro Vermelhão, o corpo foi levado para o Cemitério Municipal Jardim da Saudade, onde foi sepultado às 17h.
O prefeito Jesualdo Cavalcanti Barros e a primeira dama do município de Corrente-PI, Maria do Socorro Cavalcanti Barros,  acompanharam o enterro. Sobre a violência do qual o menino foi vítima, o gestor declarou: "Corrente está de luto com a morte de Eduardo e o que chama mais atenção neste lamentável fato é a pré-disposição da família em retornar para a sua cidade natal. Hoje as pessoas se sentem desestimuladas em buscar estes grandes centros, justamente por causa da crescente violência. Cabe a nós administradores buscar meios para que a nossa população não encontre mais entusiasmo em ir para estes grandes centros, para que permaneçam aqui em paz, entre amigos e satisfeitos".
Inconformados, os pais afirmam que aguardam pela justiça. "Parece que estamos vivendo um pesadelo e a única coisa que eu quero é que a pessoa que cometeu esta injustiça seja presa", declarou o pai, José Maria Ferreira, ao ver o caixão descendo na sepultura.
O pai declarou ainda que permanecerá na cidade por aproximadamente 10 dias e que retorna ao Rio de Janeiro, mas que voltará ao Piauí para morar. "Se pudesse nem iria mais", finalizou.
PUBLICADA POR: Alonso Bisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário