Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Corpo de Eduardo de Jesus chegou a Corrente-PI. Comoção tomou conta da comunidade.

O corpo do menino Eduardo de Jesus Ferreira, de 10 anos, chegou ao aeroporto de Corrente-PI às 9h40min desta segunda-feira (06/04/2015). A mãe, dona Terezinha de Jesus Ferreira, acompanhava o corpo. O Pai de Eduardo, José Maria Ferreira, veio em outro avião acompanhando a filha Patrícia. O irmão de Eduardo recebeu a mãe, muito emocionada, que repetia aos prantos. "Perdi meu filho, mataram meu filho". Na saída do cortejo, os populares aplaudiram.
O Pai José Maria Ferreira, afirmou que voltará ao Rio de Janeiro para receber uma indenização referente à casa onde a família residia, desapropriada para a construção de um teleférico. "Antes iríamos receber um apartamento, mas agora, com essa tragédia, pedimos ao governo que nos indenize em dinheiro. O governador garantiu pessoalmente que tudo será resolvido", colocou.
Seu José também disse que sempre cuidou muito do filho para que ele não andasse na rua, e não se conforma dele ter sido morto na porta de casa. "No intervalo da novela ele sentou na porta pra brincar e quando se virou para o policial levou o tiro na cabeça. A massa encefálica ficou espalhada na parede da sala, ficamos desesperados. Minha esposa foi atrás do policial, desesperada, ele se voltou para ela e disse: "matei um filho de vagabundo e agora vou matar a mãe". O policial teria ainda apontado a arma em direção à mãe do menino, quando José se ajoelhou na frente e pediu que o matasse primeiramente.
O pai do menino afirmou ainda que espera que a justiça seja feita. "Todos me garantiram que a justiça será feita e vou lutar até o fim para ver esse policial atrás das grades. Também vamos entrar com o pedido de indenização, mas nem 10 milhões pagam a ausência do meu filho. Nada vai trazer ele de volta. o mínimo que nós queremos é justiça". Para assistência jurídica, seu José afirma que vários advogados estão trabalhando no caso.
O corpo está sendo velado na residência da tia, Maria de Lourdes Lopes, localizada no Bairro Vermelhão. Dona Maria chegou a passar mal após a chegada do cortejo. A emoção tomou conta de toda a comunidade, que assistiu o desespero da mãe.
O sepultamento acontecerá às 16h, após a celebração da missa, que acontecerá na igreja do bairro às 15h.
PUBLICADA POR: Alonso Bisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário