Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Mais de 400 abortos legais foram realizados em Teresina e no interior do Piauí.

Dados da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí apontam que 448 mulheres realizaram aborto legal no Piauí, na rede hospitalar do estado. Dos casos, 374 ocorreram em 2014 e 74 neste ano de 2015. No Brasil, a retirada do bebê só é permitida em casos de violência sexual, ou quando a gravidez oferece risco à mãe ou à criança.
A secretaria de Saúde, através da assessoria, explica que estes dados são referentes a abortos legais em hospitais por todo o estado e incluem casos de violência sexual ou em decorrência de algum problema de saúde, como fetos anencéfalos, que possuem má formação do cérebro.
Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, o último caso de abortamento legal por conta de estupro foi em 2011, e de 2012 pra cá não houve nenhum caso.
Já os dados do Samvvis (Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual), que funciona em Teresina-PI, Parnaíba-PI, Picos-PI, Floriano-PI, Bom Jesus-PI, São Raimundo Nonato e Corrente-PI, apontam que no ano passado, 456 mulheres vítimas de abusos sexuais no estado, sendo 237 em Teresina-PI. Nos últimos dez anos houve aumento de 80% no incide de violência sexual contra a mulher.
O relatório elaborado pelo Samvvis aponta ainda que a maioria das vítimas tem entre 10 e 19 anos de idade; de 78 são, são crianças de cinco a nove anos, e 56 vítimas com até quatro anos de idade. O levantamento mostra que a maioria das agressões ocorrem na casa da vítima, do agressor ou em via pública, sendo que a maioria, tem Ensino Fundamental completo, são da cor parda e desconhecidos da vítima. Entre os agressores em potencial estão ainda vizinhos, conhecidos da família, tios e padrastos.
Entre os municípios piauienses com maiores índices estão Teresina, Altos, Água Branca, Barras, Campo Maior, José de Freitas e União. Em se tratando de bairros na capital, a maioria das vítimas, residem nos bairros Promorar, Piçarreira, Angelim I, Mocambinho I e Dirceu II.
PUBLICADA POR: AlonsoBisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário