Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Piauí registrou 456 estupros ano passado; Maioria das vítimas tinha entre 10 e 19 anos.

O Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvis), que funciona na Maternidade Dona Evangelina Rosa, registrou 456 vítimas de estupro no Piauí somente ano passado de 2014. Pelos registros, 237 abusos ocorreram somente em Teresina-PI. Segundo o Serviço, dos números do Estado, 272 vítimas tinham entre 10 e 19 anos, 78 foram crianças na faixa etária de 5 a 9 anos, e 56 vítimas tinham até 4 anos de idade.
O Samvis também divulgou que dos estupros, oito ocorreram na casa da vítima e 78 foram na casa do agressor.
A promotora da 1ª Vara da Infância e da Juventude, Vera Lúcia Santos, informou que foi pedida a prisão preventiva do tio suspeito de estuprar a sobrinha de 12 anos há cerca de dois meses. Em decorrência da violência sexual a menina engravidou e a família luta para conseguir autorização para realização do aborto.
A promotora conta que soube do crime por meio do Conselho Tutelar e a prisão não foi efetivada anteriormente porque o suspeito não foi localizado.
“Quando recebemos a denúncia encaminhamos para a DPCA, na época, representamos pela prisão preventiva que foi deferida e ele não foi preso porque estava foragido. A conjunção carnal teria ocorrido apenas uma vez, dentro de um casarão quando a vítima voltava da escola, há dois meses atrás. Fizemos o nosso trabalho e agora estamos aguardando do poder judiciário. Acreditamos que de hoje para amanhã, a prisão seja decretada”, disse Vera Lúcia.
A promotora ressalta ainda que antes mesmo da conjunção carnal, suspeito estava proibido de se aproximar da sobrinha por meio de uma medida cautelar, uma vez que ele já havia praticado por um ano, atos libidinosos contra a menor. O caso denunciado em outubro de 2014.
PUBLICADA POR: AlonsoBisorão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário