Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Número de mortos nas estradas do Piauí chega a 20; PRF reforça ações.

O inspetor Tony Carlos, da Polícia Rodoviária Federal, atualizou o número de acidentes nas estradas do Estado. Foram ao todo 60 colisões, que resultaram em 20 mortos e 49 feridos. O dado revela que este é o Natal mais sangrento dos últimos cinco anos no Piauí.
"A média é de 2,5 pessoas mortas no trânsito nos últimos oito dias. Isso é muito. Temos famílias inteiras morrendo nas estradas, em locais até incomuns para acidentes. E as causas são as mesmas, o excesso de velocidade, por exemplo, é o principal motivo", alertou o inspetor.
Somente nesta quinta-feira (26/12/2013) foram registradas quatro mortes. Na última semana, além de mortos e feridos, a PRF registrou ainda 30 flagrantes de pessoas dirigindo sob efeito de álcool, 18 foram presas.
"O estudo que fizemos apontou que se todas as vítimas que morreram nesses acidentes usassem o cinto de segurança, pelo menos cinco delas estariam vivas. É importante se certificar de que todas as pessoas do veículo estão usando o cinto. Isso é determinante para preservar a vida", orientou Tony Carlos.
Para tentar diminuir o número de colisões, a PRF vai intensificar as fiscalizações para o último final de semana do ano e para o réveillon. Foram adquiridas 10 novas viaturas e quatro radares portáteis. "Daqui para Parnaíba, por exemplo, se o condutor exceder o limite de velocidade, será flagrado pelos quatro radares. A multa pode chegar a R$ 5 mil", destacou o inspetor.
Tony acrescenta que nas zonas urbanas, a velocidade máxima é de 60 km/h. "Os pedestres têm que ficar atentos e também redobrar os cuidados porque o fluxo de carros passando pelas cidades é maior", finaliza.
FONTE: http://www.cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário