Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

MUNICÍPIOS já têm gastos de R$ 2,7 milhões com o carnaval.

Um levantamento feito pelo 180grausatravés do site do Tribunal de Contas e de publicações dos meses de janeiro e fevereiro do Diário dos Municípios mostra que pelo menos R$ 2,7 milhões (2.754.904,60) serão gastos por 26 das 224 prefeituras do Piauí só com festas de carnaval. Grande parte dos contratos para as festividades foram feitos, inclusive sem licitação, contando ainda que muitas sequer divulgaram valores de seus contratos.
O que mais chama atenção com relação a estes municípios, é que desta lista, 24 cidades estão relacionadas no decreto de 20 de novembro de 2013 publicado no Diário Oficial do Estado, reconhecendo situação anormal de emergência ou calamidade pública. É quando justamente os gestores tem a oportunidade de realizar contratos sem necessidade de licitação.
A Lei das Licitações (nº. 8666/93) permite que órgãos públicos contratem serviços sem licitação, em casos de emergência e calamidade pública, quando caracterizada urgência em sanar problemas. É aí que muitas administrações, não só no Piauí, mas em todo Brasil, se aproveitam.
Para a promotora, atitudes como estas não passam de atos de corrupção. “Pra mim são todos corruptos, quem aplica mal o dinheiro público. Infelizmente tem parte da sociedade que apoia, se não fosse assim, não existiram corrupção. E com isso, temos ainda pequenos grupos que se beneficiam, aproveitando dos recursos públicos em detrimento de seu bem estar. Mas infelizmente muitos prefeitos agem assim, dilapidando o dinheiro público e colocando nos bolsos de certos grupos”, diz Leida Diniz.
Clique AQUI e vejam a matéria completa e todos os contratos detalhados e gastos.
FONTE: http://180graus.com/politica

Um comentário: