Radio Alvorada FM Ao Vivo.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Polícia apresenta assassinos de empresário e as provas do crime.

 
 
Na manhã desta sexta - feira, dia 05, a Polícia Civil de Picos-PI, juntamente com a Polícia Militar, apresentou os dois autores do homicídio que vitimou o empresário Epaminondas Coutinho Feitosa. Apresentou ainda as duas armas utilizadas na execução e a moto que os dois usaram para chegar até a residência da vítima e em seguida efetuar a fuga. Denominada de “Operação Sicário”, a ação policial elucidou um dos crimes de maior repercussão e ainda impediu que outro homicídio fosse executado, já que a polícia possuía informações seguras de que entre hoje e amanhã, dia 05, a dupla de criminosos iria executar mais uma pessoa em Picos-PI.
Em coletiva de imprensa, o delegado Tales Gomes, informou que os acusados, José Manoel dos Santos Matos, de 33 anos, conhecido como “Santinho” e Rinaldo José do Nascimento, de 21 anos, vulgo “Teté”, foram presos na rua Bela Vista, bairro São Vicente, em Picos. Com os dois foram encontradas um revólver calibre 38 e uma pistola 9 milimetros, de fabricação argentina, que foram utilizadas no crime. Além destas duas armas, um terceiro revólver estava em poder dos dois.
Segundo o delegado Tales Gomes, a motivação do crime e o valor pago aos assassinos para a execução não serão divulgados para que não atrapalhe o trabalho da polícia. “Vamos apresentar mais resultados a cerca deste crime. Eu me manterei em silêncio quanto a motivação para manter o bom andamento da investigação”.
“Esta operação foi antecipada porque nós tínhamos informações seguras de que hoje ou amanhã outra pessoa da sociedade picoense seria assassinada pelo Santinho e pelo Teté. Então para assegurar a vida de uma pessoa, nós resolvemos efetuar a prisão dos dois, que assumiram a autoria do crime contra o empresário Epaminondas”, disse Tales Gomes.
O empresário Epaminondas Coutinho Feitosa foi morto no último dia 08 de maio, por volta das 21h50, nas proximidades de sua residência, na Rua Zuza Lino, próximo a sede do SINTE. Nondas Coutinho foi persseguido pelos assassinos que continuaram a atirar e mesmo após Nondas estar ferido e caído no chão, à dupla continuou a efetuar os disparos.
No crime, Teté utilizou uma pistola 9 mm e o Santinho usou um revólver calibre 38. Além das armas do crime e da moto, a polícia apreendeu mais uma revólver e mais uma moto, que foi adquirida com parte do dinheiro que receberam pela execução. Na casa do Teté, a polícia ainda encontrou grande quantidade de crack, cerca de 15 pedras de tamanho considerável, que segundo a polícia, após serem quebradas, cada pedra originaria cerca de 30 pequenas pedras prontas para o consumo. Uma balança de precisão e cerca de R$ 730,00 também estavam na residência o que caracteriza ainda o crime de tráfico de drogas.
De acordo como delegado Tales, uma das causas que fizeram com que a Operação Sicário fosse antecipada, foi à informação de que uma pessoa seria morta neste final de semana em Picos pelo Teté e pelo Santinho. A polícia não informou a identidade da pessoa que seria assassinada, mas garantiu que se tratava de uma pessoa conhecida da sociedade e que o crime causaria grande repercussão.
Com relação aos crimes que vitimaram o açougueiro Pedro Sabino e o cantor Edimar Bringeo, o delegado foi enfático ao assegurar que em breve os autores também serão apresentados, bem como, apresentará os autores da tentativa de homicídio registrada na última segunda - feira.
OPERAÇÃO SICÁRIO:
A operação recebeu este nome devido à forma como o crime foi praticado. Segundo Tales, os criminosos mataram o empresário sem que houvesse nenhuma proteção quanto à sua identidade e em um local de grande movimentação de pessoas. Crimes como este, aconteceram na Roma antiga, onde matadores de aluguel matavam as pessoas em praças públicas, diante de muitas testemunhas e sem adotar nenhuma cautela que lhes preservasse a identidade.
FONTE: http://folhaatual.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário